Faculdade Laboro e Universidade Católica Portuguesa apresentam os primeiros Mestres em Ciência da Educação

topo-ucp

A universidade católica de Portugal em parceria com a Faculdade Laboro diplomaram os primeiros mestres em ciências da educação. A parceria está em pleno funcionamento e já abertas as matrículas para a nova turma. Os primeiros a diplomar-se foram Luiz Carlos Magalhães e a aluna Marilene Correa Nascimento Leite de Faria de Brasília. Ambos, a partir de agora agregam as suas carreiras o título de mestre em Ciências da Educação o que possibilita novas oportunidades profissionais. A parceria da Faculdade Laboro com a Universidade Católica tem dois anos e está enviando para a cidade de Braga em Portugal a terceira turma de mestrandos que iniciam seus estudos em junho de 2017 nas áreas de ciência da Educação e Gerontologia. O aluno Luís Carlos Magalhães defendeu o trabalho cujo tema foi: Escola e formação profissional: entre a teoria e a prática – uma análise do quarto curso de formação de praças da Polícia Militar do distrito federal. A aluna Marilene Correa Nascimento Leite de Faria defendeu o tema: Gestão Educacional e cidadania: análise da gestão educacional na promoção da cidadania. A parceria entre Faculdade Laboro e Universidade Católica Portuguesa permite que os alunos que estejam cursando Pós-graduação possam conduzir para o mestrado direto, isso porque algumas disciplinas foram propositadamente acordadas entre os dois cursos possibilitando que assim que o aluno conclua os créditos da especialização possa ingressar no mestrado. Com o mestrado em ciências da educação o aluno adquire habilitações para a administração de organizações escolares. Já o mestrado em gerontologia permite oportunidades em diferentes tipos de formação: Medicina, Enfermagem, Nutrição, Odontologia, Biologia, Educação Física, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Serviço Social, Psicologia, Sociologia, Antropologia e outras áreas superiores afins, com prática comprovada de trabalho com idosos.